Tonogiro Informações - Sua fonte de informações da região do Sul de Minas, Leste Paulista e do Brasil

Notícias/Política

Rodovia MG 459, oitava praça de pedágio da região, começa a operar em abril em sistema sem cancela

O pagamento da tarifa, que será de R$ 9,20 como nas outras 7 praças em operação, poderá ser feito por meio digital, no site da concessionária ou por meio de aplicativo.

Rodovia MG 459, oitava praça de pedágio da região, começa a operar em abril em sistema sem cancela
EPR
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A EPR Sul de Minas, concessionária que administra 8 rodovias na região de Pouso Alegre, vai implantar a oitava e última praça de pedágio da concessão feita pelo governo Zema (Novo) no trecho. A praça está sendo construída no quilômetro 12,7 da MG-459, em Monte Sião, e deve começar a operar em abril com uma novidade: ela será no sistema ‘Free Flow’, sem cancela.

A concessionária explica que o free flow é uma metodologia de passagem que não necessita da instalação dos modelos convencionais de praças de pedágio, com cabines e cancelas de cobrança automática. Ao invés disso, a via ganha um sistema de câmeras e sensores que fazem a leitura da placa ou etiqueta eletrônica (tag) dos veículos.

O pagamento da tarifa, que será de R$ 9,20 como nas outras 7 praças em operação, poderá ser feito por meio digital, no site da concessionária ou por meio de aplicativo; ou ainda de forma presencial, no totem da base de serviços da concessionária, localizado no km 53 da MG-290, em Ouro Fino; ou em qualquer uma das demais sete praças de pedágio EPR, além de estabelecimentos conveniados. Tanto na modalidade digital como na presencial, o condutor terá até 15 dias após a passagem pelo pedágio para fazer o pagamento.

Há ainda a possibilidade de fazer o pagamento por tags eletrônicas instaladas nos veículos. Nesse caso a cobrança é automática e feita na hora.

Os sensores localizados nas estruturas dos pórticos do free flow são capazes de identificar a altura, largura e comprimento, além da quantidade de eixos rodantes e suspensos e, segundo a EPR, funcionam até mesmo em situações de baixa visibilidade e acostamento.

Desconto de usuário frequente só é válido para quem tiver tag
Mas vale um alerta, o Desconto de Usuário Frequente (DUF), que é aquele em que o valor do pedágio é reduzido a cada nova passagem por um mesmo trecho, em um mesmo mês, só será dado aos usuários que utilizarem as tags eletrônicas. O abatimento do DUF pode chegar a 72% do valor do pedágio.

O que acontece com quem não fizer o pagamento?
Caso o débito da passagem não seja quitado em até 15 dias após a passagem pelo free flow, o proprietário do veículo receberá uma multa por evasão de pedágio, que acarreta no pagamento de R$ 195,23 ao Governo do Estado, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A concessionária promete fazer uma ampla campanha de divulgação até o início da operação da praça, em abril. “Até a conclusão da instalação do pórtico e início da operação em caráter educativo, a EPR Sul de Minas e o Governo do Estado realizarão uma campanha educativa à população, informando como funciona o novo sistema free flow, seus benefícios e as formas de pagamento”, registrou em comunicado

FONTE/CRÉDITOS: Rede Moinho 24h
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )